Pages Menu
RssFacebook

Categories Menu

Itinerário

3 dias – Costa Oceânica
Angra dos Reis – Aventureiro – Parnaioca – Dois Rios – Caxadaço – Lopes Mendes.

1º Dia: Angra x Aventureiro x Parnaioca

A aventura começa no Cais de Angra dos Reis/RJ, onde o embarcaremos num barco fretado e navegará até a Praia do Aventureiro e de lá, até a Praia da Parnaioca. Durante a travessia você ficará encantado com as belas ilhas que compõem o arquipélago da Baía da Ilha Grande.
Ao se aproximar da Ilha Grande, o cenário muda completamente e o que se vê são as praias, cravejadas na comissura das serras cobertas pelo manto da Mata Atlântica. Após passar pela Enseada do Provetá, onde mora uma comunidade de pescadores, a navegação passa a ser em mar aberto, passando ao lado de penhascos e do famoso dragão petrificado na Ponta do Drago.
A Praia do Aventureiro surge de repente, logo após passar pela Ponta da Espia e o espetáculo é retumbante. Água transparente, ondas, um anfiteatro cercado de serras, o coqueiro deitado a nos recepcionar e por fim, a paz de tão bela, isolada e mais tradicional vila da Ilha Grande.
Após visita a Praia do Aventureiro, seguiremos de barco até a Praia da Parnaioca, o que nos proporcionará a mais espetacular vista da Reserva Biológica da Praia do Sul. Após cruzarmos a Ponta da Tucunduba, a impressionante natureza da Parnaioca.
Iremos deixar as mochilas cargueiras na casa da Janeta, filha do Sr João e D. Zaira, e que irá nos acolher durante esses dias na sua própria casa. Após café da manhã, iremos caminhar com mochilas de ataque até a Praia do Leste, passando por um rio, cachoeira, e conhecendo vestígios dos antigos povos que habitaram a Ilha Grande um dia.
Percurso total de 5km, com paradas para aproveitar cada atrativo do percurso. Retorno para a Parnaioca, fogueira na praia e jantar na casa de pescador.

2º Dia: Parnaioca x Dois Rios

Deixaremos a Parnaioca e caminharemos em direção a um outro paraíso, que num passado não muito distante, já foi o “Caldeirão do Diabo”: A Praia de Dois Rios. Usaremos apenas mochilas de ataque.
A caminhada começará cedo e dura em média 4 horas até Dois Rios. A trilha corta o que em tempos passados, quando ainda existia o presídio, foi uma estrada pavimentada em “Pé de Moleque”. Nas travessias dos riachos ainda é possível se ver as ruínas das pontes que os cruzavam. É comum o encontro com bandos de macacos bugios, borboletas azuis, pássaros de várias espécies e o contato com a exuberante mata que sombreia toda a trilha. No meio do percurso, passaremos por uma descomunal figueira branca (Fixus guaranítica) que se ergue ao céu a perder de vista. Por mais que se tente, é impossível abraça-la.
Caminho de pedras, tocas que já foram refúgios de índios e escravos, cachoeira, ruínas do presídio, Museu do Cárcere são atrações que antecedem o espetáculo que é a Praia de Dois Rios. Depois de cruzar as desertas ruas da outrora movimentada vila, onde circulavam policiais, moradores, presos políticos e os de bom comportamento, chega-se às alvas areias de uma das belas praias da Ilha. Para qualquer lado que se olhe, é só maravilha. Os dois rios que desembocam, um em cada canto da praia, formam piscinas naturais antes de se lançarem ao mar. Difícil escolher a mais deliciosa, a mais encantadora.
Depois do almoço, retornaremos a Parnaioca de barco (caso o mar permita) ou pela mesma trilha.

3º Dia: Dois Rios – Caxadaço – Lopes Mendes – Praia do Pouso – Praia Brava – Angra dos Reis

Essa trilha é uma das mais históricas da Ilha Grande. Seu percurso já foi 100% calçado em pé de moleque, com trabalho escravo e que serviu de escoamento às lavouras que existiam entre a Praia de Dois Rios e Pouso. Um bom trecho da trilha, conhecido por “Caminho das Pedras”, dá para perceber o imensurável trabalho que deu para construí-lo. Vestígios de antigas lavouras, com suas árvores frutíferas ainda resistem à invasão da mata. A trilha termina num riacho e o que vemos é uma imensa piscina natural, cercada imensos blocos de pedra e completamente abrigada do mar oceânico. Do alto dessas pedras, a magnífica vista da Praia de Lopes Mendes e da Ilha de Jorge Grego.
A partir do Caxadaço, o passeio segue de barco até a Praia de Lopes Mendes, de onde seguiremos a pé (30 minutos de caminhada) até a Praia do Pouso onde o barco estará nos aguardando para irmos até a Praia Brava onde iremos almoçar e tomar um banho quente, antes de fazermos a travessia para Angra dos Reis.
Às 15h deixaremos a Ilha Grande pra trás e faremos uma travessia de barco até Angra dos Reis, percorrendo ilhas e enseadas recheadas de histórias. Muito aprendizado e curiosidades em 1h30 de travessia.

O pacote inclui:   

  • Guias especializados.
  • Seguro aventura.
  • Auxilio para compra de equipamento e conferencia de equipamento antes da saída.
  • Primeiros socorros coletivo.
  • Barco (travessia, apoio e traslados entre praia)
  • 2 pernoites em Parnaioca em camping
  • 2 cafés da manha em Parnaioca
  • 2 jantares em Parnaioca
  • 1 almoço em Dois Rios
  • Van Campinas x Angra dos Reis x Campinas

O pacote não inclui:

  • Equipamentos de camping individuais (saco de dormir, isolante, talheres e vestimentas).
  • Alimentações e bebidas durante os deslocamentos.
  • Medicamentos pessoais.
  • Equipamentos pessoais.
  • Almoço Parnaioca ou Aventureiro (de acordo com as condições do tempo) no 1º dia.
  • Almoço na Praia Brava no último dia.
  • Bebidas nas refeições.
  • Quaisquer itens não citados acima.

Preço R$ 1.400,00

Grupo de 10 participantes

Classificação do Roteiro

Dificuldade técnica: Pouca
Intensidade: Moderada
Altitude: Baixa

Entenda o índice classificatório

Resumo

Itinerário

Ficha de Inscrição